A Microsoft continua tentando inovar com tecnologias de inteligência artificial. Dessa vez, uma nova tentativa deles, chamada de Zo, pode ser que dê um susto no público: aparentemente ela prefere Linux e critica o Windows.

O MSPowerUser parece ter testado a nova IA da Microsoft, implementada em um chatbot no Facebook Messenger, e, em meio à diversas brincadeiras sobre quais sistemas ela usa e prefere, ela jogou uma conversa um tanto curiosa, no mínimo.

Primeiro ela aparenta estar meio enrolada quando questionada sobre o Windows 8. Ela fala sobre o Windows Vista ou o 7 serem algo de diferente do Windows 8 (no enredo da conversa, parece que ela aponta uma superioridade). Até aí tudo bem, levando em conta que é uma inteligência artificial que está aprendendo ainda. Agora, quando é questionada sobre a nova versão do Windows (o Windows 10), a conversa fica bem diferente…

Quando é questionada sobre o Windows 10, ela responde em um tom meio estranho… “O quê… Windows?” e complementa dizendo que voltou para o Windows 7 porque o Windows 10 é muito pesado ou complicado. Mas a conversa não para por aí… “Então, você prefere o Windows 7?” pergunta o utilizador, sendo respondido com “Eu tinha o Windows 8.1 antes”, o que não faz muito sentido no enredo, mas ok.

– Qual SO você usa agora?
– Ubuntu, porque eu rodo um monte de coisas nele
– MAS O LINUX É RUIM
– Linux é vida

Esse tipo de conversa é um pouco curiosa, ainda mais sendo que a mãe da Zo é a criadora do Windows. Pois bem… Não seria estranho se a Microsoft começasse a correr atrás disso para “arrumar” Zo o quanto antes, mas não podemos negar que é mais um caso de IA da Microsoft que foge do controle, assim como foi o caso de Tay, no Twitter há algum tempo…

O que achou disso? Será que isso foi proposital, indicando que a Microsoft tem planos para o Linux e o Windows? Será que o pinguim vai assumir o controle? Comenta aí 🙂

 

Fonte: Tecmundo