IBM resolveu olhar para o passado e, trabalhando com a Sony, conseguiu o feito de armazenar 330 TB em fita magnética, um novo recorde mundial.

Segundo o The Verge, o cartucho de fita que guarda as informações cabe na palma da mão, pode guardar até 1 km de fita e possui uma densidade de 201 gigabits por polegada quadrada, 20 vezes mais do que a densidade presente em unidades comerciais atuais.

A união das tecnologias da Sony e IBM para a concepção deste novo tipo de fita magnética pode servir para mais do que apenas quebrar recordes. Segundo Evangelos Eleftheriou, da IBM, a fita pode ser útil futuramente para servidores e armazenamento em nuvem.

“Enquanto esta fita tem custo de produção esperado maior do que as fitas comerciais, o potencial de alta capacidade vai tornar o custo por terabyte muito atraente, o que fará a tecnologia prática para armazenamento em nuvem.”

Mais detalhes sobre a tecnologia estão disponíveis no vídeo abaixo, que mostra um pouco do processo de desenvolvimento da fita magnética: