No último final de semana, a NVidia fez um evento para parabenizar diversos pesquisadores de Inteligência Artificial. E não bastasse a honra de serem parabenizados pela NVidia, esses pesquisadores ganharam, cada um, um modelo da nova NVidia Tesla V100: um dos monstrinhos da NVidia.

Essa placa têm foco principal em alto desempenho computacional (não é a toa que ela conta com 16gb de memória), principalmente na área de deep learning (processo de aprendizagem da máquina). Tais estrondosos recursos vão ajudar muito nas pesquisas de Inteligência Artificial.

AI é a tecnologia mais poderosa que já conhecemos

– Jen Hsun Huang, CEO da Nvidia

A Tesla V100 foi anunciada contando com 5120 núcleos CUDA e 16GB de memórias HBM2. A placa é destinada à aplicações profissionais de alta demanda, contando com HBM2 de 4096-bit que pode oferecer 900GB/s de largura de banda.

A GPU Volta presente na Tesla V100 é feita no processo 12nm FinFet pela TSMC. Ela conta com 21 bilhões de transistores, 80 SMs, 40 TPCs e clocks de 1370/1455MHz em base e boost clock, respectivamente. A placa dual-slot não suporta NVLINK, mas diferente das versões SXM2, ela pode se conectar à uma variedade maior de placas-mãe com a conexão PCIe.

E você? O que acha disso tudo? Será que essa placa roda Crysis? As IAs vão finalmente dominar o mundo? Zo, da Microsoft, vai continuar apoiando o Linux? Comenta ai 😉

 

Fonte: Adrenaline